Topo

Debate sobre Escola Sem Partido termina em confusão na Câmara de BH

Debate sobre Escola Sem Partido terminou em confusão na Câmara de BH - Reprodução/Hoje em Dia
Debate sobre Escola Sem Partido terminou em confusão na Câmara de BH Imagem: Reprodução/Hoje em Dia

Do UOL, em São Paulo

09/10/2019 19h59

Um debate sobre o Projeto de Lei conhecido como Escola Sem Partido acabou em confusão, hoje (9), na Câmara Municipal de Belo Horizonte.

De acordo com o jornal Hoje em Dia, a briga começou durante discurso do vereador Gilson Reis (PCdoB), que é contra o projeto. Ele teria sofrido ameaças de apoiadores da proposta que acompanhavam a votação.

Em um vídeo divulgado pelo jornal, é possível ver empurra-empurra e uma pessoa enrolada em uma faixa sendo arrastada por homens de terno.

"Fascistas não passarão", gritaram os manifestantes.

A Escola Sem Partido é defendida pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). No mês passado, a então procuradora-geral da República, Raquel Dodge, encerrou seu mandato de dois anos entrando com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender qualquer política pública que "autorize ou promova censura a docentes no ambiente escolar".

Mais Política