Topo

Antes de STF julgar 2ª instância, Villas Boas fala em "convulsão social"

02.jan.2019 - O general Eduardo Villas Boas em cerimônia de transmissão de cargo do ministro da Justiça - Pedro Ladeira/Folhapress
02.jan.2019 - O general Eduardo Villas Boas em cerimônia de transmissão de cargo do ministro da Justiça Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

17/10/2019 08h35

O general Eduardo Villas Boas, ex-comandante do Exército, escreveu ontem a noite em seu Twitter sobre o risco de os brasileiros caírem "outra vez no desalento e na eventual convulsão social". A postagem foi feita um dia antes do Supremo Tribunal Federal (STF) julgar as ações que podem levar a revisão da regra que permite a prisão de condenados em segunda instância, mas o general não fez menção direta ao julgamento.

Villas Boas compartilhou um texto de Rui Barbosa e comentou: "Experimentamos um novo período em que as instituições vêm fazendo grande esforço para combater a corrupção e a impunidade, o que nos trouxe - gente brasileira - de volta a autoestima e a confiança".

"É preciso manter a energia que nos move em direção à paz social, sob pena de que o povo brasileiro venha a cair outra vez no desalento e na eventual convulsão social".

Hoje a tarde o STF iniciará o julgamento se condenados em segunda instância devem cumprir pena na prisão ou podem aguardar em liberdade enquanto recorrem aos tribunais superiores. A decisão gera debates, já que pode influenciar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), além de outros 12 presos da Operação Lava Jato.

Ouça o podcast Baixo Clero, com análises políticas de blogueiros do UOL. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Política