PUBLICIDADE
Topo

Política

Líderes pedem ao MP nova perícia em áudios de condomínio de Bolsonaro

Bolsonaro - BBC News Brasil
Bolsonaro Imagem: BBC News Brasil

Do UOL, em São Paulo

04/11/2019 18h15

O deputado federal Alessandro Molon (PSB-RJ) e o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) protocolizaram pedido ao Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) para que seja realizada uma nova perícia em equipamentos de onde foram retiradas as gravações da portaria do condomínio onde o presidente Jair Bolsonaro mora, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

A medida, segundo avaliação dos políticos, está sendo tomada para "afastar qualquer suspeita de manipulação de prova considerada essencial para elucidar o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes", ocorrida em março de 2018.

"É preciso garantir que a perícia vá além dos áudios divulgados e alcance os aparelhos onde foram feitos os registros. Além disso, precisamos nos certificar de que a perícia seja feita pelo órgão competente, o Instituto de Criminalística do Rio de Janeiro. Esta ação será fundamental para garantir que fatores externos não interfiram na elucidação de um crime bárbaro, que acaba de completar 600 dias sem que o mandante tenha sido apontado pelas autoridades", disse Molon.

Na terça-feira (29), o "Jornal Nacional" exibiu uma reportagem sobre as investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), ocorrido em março de 2018. Segundo o JN, o porteiro do condomínio onde morava Bolsonaro à época disse em depoimento que alguém com a voz "do seu Jair" autorizou a entrada de um dos suspeitos da morte da vereadora no dia do crime.

No fim de semana, Bolsonaro disse que pegou gravações do condomínio que contradizem o porteiro, mas, em entrevista ao site O Antagonista, afirmou que seria "forçação de barra" interpretar isso como uma possível obstrução à Justiça.

"Não fizemos cópia de nada, não levamos a secretária eletrônica a lugar nenhum. Meu filho foi lá, botaram na tela 14 de março do ano passado e onde tinha ligação para as duas casas, para a minha e a dele, ele clicou em cima e gravou o áudio. Nada mais além disso. Qualquer outra interpretação é forçação de barra.", disse o presidente.

***

Ouça o podcast UOL Vê TV, a mesa redonda do UOL sobre televisão com os colunistas Chico Barney, Flávio Ricco e Mauricio Stycer.

Os podcasts do UOL estão disponíveis no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Política