PUBLICIDADE
Topo

Tales: Não existe nenhuma força do bolsonarismo querendo rever posições

Do UOL

06/12/2019 04h02

Dois casos recentes de letalidade em ações da polícia capturaram a atenção da opinião pública: os nove mortos no baile funk de Paraisópolis, em São Paulo, e a morte da menina Ághata Félix, no Morro do Alemão, no Rio de Janeiro.

Apesar disso e mesmo com a maioria do Congresso contra, não parece haver uma disposição do núcleo bolsonarista do governo em rever posicionamentos como o polêmico excludente de ilicitude. Essa é a opinião dada pelo blogueiro Tales Faria no 23ª episódio do Baixo Clero, podcast de política do UOL. Como exemplo, ele citou o ministro Sergio Moro (Justiça).

"Logo após a aprovação do pacote anticrime, ele declarou que tem alguns pontos que têm que ser revistos porque ele quer tentar recolocar o excludente de ilicitude. E o Moro é dos mais moderados, vamos dizer assim", afirmou.

Na última quarta-feira (4), a Câmara aprovou pacote anticrime do ministro Sergio Moro, mas deixou de fora exatamente o excludente de ilicitude, bandeira bolsonarista e defendida com insistência pelo presidente.

Onde mais ouvir

Você pode ouvir o Baixo Clero em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O podcast está disponível no Spotify, na Apple Podcasts, no Castbox e no Google Podcasts.

Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do "Baixo Clero", é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Política