PUBLICIDADE
Topo

Política

Esse conteúdo é antigo

Bolsonaro sofre queda e ficará ao menos 6 horas em observação no hospital

Presidente foi atendido por uma equipe médica no Palácio da Alvorada e posteriormente levado ao Hospital das Forças Armadas - Adriano Machado/Reuters
Presidente foi atendido por uma equipe médica no Palácio da Alvorada e posteriormente levado ao Hospital das Forças Armadas Imagem: Adriano Machado/Reuters

Do UOL, em São Paulo

23/12/2019 23h26

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sofreu uma queda no Palácio da Alvorada na noite de hoje. Segundo a Secretaria de Comunicação da Presidência da República, ele foi atendido por uma equipe médica no local e posteriormente levado ao Hospital das Forças Armadas.

Bolsonaro foi submetido a um exame de tomografia computadorizada do crânio, que não detectou alterações. O presidente ficará em observação por seis a 12 horas. (Veja comunicado, na íntegra, abaixo)

À TV Globo, o ministro general Augusto Heleno (Segurança Institucional) confirmou que Jair Bolsonaro "está bem", mas ficará "em observação" no hospital.

No Twitter, a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), uma das pessoas mais próximas a Bolsonaro, disse que o presidente bateu a cabeça no momento da queda.

"O protocolo é ficar em observação. Logo cedo será liberado do Hospital das Forças Armadas. Independentemente da queda, por tudo e todos que ele vem enfrentando, não custa reforçarmos as orações!", escreveu ela.

Assim como ontem, o presidente passou o dia dentro do Palácio da Alvorada. Pela manhã, ele apenas cumprimentou alguns apoiadores que o aguardavam na portaria do local.

Mais cedo, Bolsonaro assinou decreto que concede indulto natalino a agentes de segurança pública que, no exercício da função ou em decorrência dela, tenham cometido crimes culposos.

Cuidados com a saúde

Durante a campanha para as eleições, em setembro do ano passado, Bolsonaro foi vítima de uma facada na região abdominal enquanto realizava ato em Juiz de Fora (MG). Desde então, o presidente já passou por quatro cirurgias.

Recentemente, Bolsonaro também chegou a dizer que poderia ter câncer de pele depois de identificar uma pinta na orelha esquerda. Uma biópsia feita, no entanto, deu resultado negativo e a doença foi descartada.

"Não deu nada [de resultado positivo]. Se fosse câncer, qual o problema? Falaria. Foi câncer? Tem que cortar a orelha? Tira, pô. Não estou preocupado com isso", disse ele a jornalistas.

Leia o comunicado na íntegra

O presidente Jair Bolsonaro sofreu uma queda no Palácio da Alvorada, na noite desta segunda-feira, 23.

Foi atendido pela equipe médica da Presidência da República e levado ao Hospital das Forças Armadas.

Foi submetido ao exame de tomografia computadorizada do crânio, que não detectou alterações.

Ficará em observação no hospital por 6 a 12 horas.

Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República

Política