PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro ironiza presidente da Embratur nordestino: "Tem cabeça grande?"

Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução) - Foto: Reprodução
Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução)
Imagem: Foto: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

06/02/2020 21h02

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), ironizou o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, durante transmissão ao vivo, realizada nas redes sociais, na noite de hoje.

Entre gargalhadas, Bolsonaro referiu-se a Machado, que é nordestino, como "cabeça grande" e disse que ele não "caberia na tela" do vídeo.

"O Gilson Machado, da Embratur, está ao meu lado, aqui, mas... a tela está pequena, né?! E ele, como é de Pernambuco... Tem a cabeça grande, Gilson? [Risos] Não iria caber na tela, aqui.", disse ele.

"Não vêm querer me sacanear comigo por causa disso. É brincadeira nossa. Brincar com nordestino, com goiano, que faz dupla sertaneja para tudo, gaúcho macho, baiano, cearense. É brincadeira nossa, aqui", ressaltou, em seguida.

Polêmicas com nordestinos

Essa não é a primeira vez que Bolsonaro, nascido no estado de São Paulo, trata os nordestinos de forma pejorativa. Em agosto do ano passado, por exemplo, quando esteve pela segunda vez na Bahia, o presidente foi questionado pelo deputado federal Cláudio Cajado (PP-BA) se já estava "virando um cabra da peste".

"Só tá faltando crescer um pouquinho a cabeça", respondeu ele, dando uma grande risada e lembrando o sogro dele é de Crateús.

No dia 19 de julho, aparentemente sem saber que estava sendo gravado, Bolsonaro falou ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM), que "dentre os governadores de 'paraíba', o pior é o do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara".

Dias após, Bolsonaro negou que tenha falado de forma pejorativa sobre os nordestinos e disse que se referiu, na verdade, ao governador da Paraíba, João Azevedo (PSB).

No dia 22 de junho, também em transmissão ao vivo em seu Facebook, Bolsonaro perguntou ao ministro da Infraestrutura, Tarcisio Freitas, se "tem algum parente 'pau de arara'?". Ao ministro responder que sim, ele emendou: "Com esta cabeça aí, tu não nega, não", disse, soltando uma gargalhada.

Política