PUBLICIDADE
Topo

Gleisi é vaiada por apoiadores de Bolsonaro na Câmara dos Deputados

Gleisi é abordada e vaiada por apoiadores de Bolsonaro nos corredores da Câmara - Reprodução/Twitter
Gleisi é abordada e vaiada por apoiadores de Bolsonaro nos corredores da Câmara Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

04/03/2020 17h13

A deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR) foi abordada e vaiada por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) enquanto caminhava pelos corredores da Câmara, ontem, em Brasília.

No vídeo, ela fala ao celular antes de ser surpreendida por bolsonaristas, que levavam folhas mencionando a votação de projeto de lei regulamentando como os recursos previstos para 2020 serão executados

Consultada pelo UOL, a assessoria da deputada disse que ela não se manifestaria sobre o assunto.

O episódio, em Brasília, ocorre menos de dois dias depois em que a presidente nacional do PT, sua filha e o ex-senador Lindbergh Farias foram hostilizados, em um hotel no Rio de Janeiro. Na ocasião, eles deixavam o lugar quando um grupo de pessoas gritou e ofendeu o trio.

Em um vídeo postado nas redes sociais da deputada é possível ver pessoas gritando "vai para Cuba" e a deputada respondendo "você vai para o inferno".

Gleisi escreveu que está coletando imagens do ocorrido e acionou sua equipe jurídica.

"Eu sou da paz, e política pra mim é confronto de ideias, não físico, como pretendem eles. Respondi às agressões porque não aceito e não podemos aceitar esse método fascista de intimidação, pregado e estimulado pelos Bolsonaro", escreveu.

Política