PUBLICIDADE
Topo

Brasil está razoavelmente bem no combate ao coronavírus, diz Barroso

Do UOL, em São Paulo

06/04/2020 11h24

O ministro Luiz Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), considera que o Brasil está indo bem na luta contra o novo coronavírus. Em entrevista na manhã de hoje ao UOL, ele destacou a necessidade de ter pessoas com "competência" coordenando medidas contra a pandemia da covid-19.

"Acho que o Brasil está reagindo razoavelmente bem dentro da pandemia. Portanto, não deixa de ser alentador ter no país tanta gente boa", afirmou Barroso.

O ministro destacou o trabalho feito por Luis Henrique Mandetta, ministro da Saúde, que vem sendo alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro. "Você tem um ministro de Saúde que tem conduzido com grande eficiência, dedicação e base na melhor ciência que existe", avaliou.

Mandetta vem defendendo o isolamento social como forma de combate para evitar uma transmissão maior do coronavírus, seguindo recomendação da OMS (Organização Mundial de Saúde). Bolsonaro, por sua vez, alega que o Brasil deveria adotar o isolamento vertical, limitado apenas a idosos e integrantes dos grupos de risco.

Para o ministro, "uma pandemia como essa também coloca luz sobre a malversação sobre recursos públicos e coloca luz, em segundo lugar, sobre a necessidade de competência. Porém, quando você coloca gente honesta no lugar certo, tudo vai bem. É uma esperança que tenho no Brasil", disse Barroso.

O ministro avalia que antes da pandemia "responsabilidade social estava negligenciada no país". "O dia seguinte dessa calamidade pública vai colocar luz sobre a desigualdade exponencial que existe no Brasil. Nós vamos dar conta de que o país tem um déficit e inadequação de moradias que vão entrar na agenda de prioridades do país", afirmou.

Coronavírus