PUBLICIDADE
Topo

Política

Esse conteúdo é antigo

Huck alfineta Bolsonaro e diz que protagonismo de governadores é "justo"

Luciano Huck é apresentador do programa "Caldeirão do Huck", da "TV Globo" - Felipe Rau/Estadão Conteúdo
Luciano Huck é apresentador do programa "Caldeirão do Huck", da "TV Globo" Imagem: Felipe Rau/Estadão Conteúdo

Hanrrikson de Andrade

Do UOL, em Brasília

19/04/2020 15h23

O apresentador de TV Luciano Huck alfinetou hoje o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com uma indireta publicada no Twitter. Na mensagem, a estrela da "TV Globo" defende a ação dos governos locais em meio à pandemia do coronavírus.

Segundo Huck, que tem se aproximado cada vez mais da política e já foi cortejado para se candidatar à Presidência, "o papel dos prefeitos e governadores é de enorme importância". "Protagonismo justo e necessário", definiu.

A manifestação do apresentador ocorre em um momento de duelo público entre Bolsonaro e lideranças locais. O motivo: divergências de pensamento em relação à necessidade do isolamento social como medida de combate ao alastramento do coronavírus.

Apesar dos riscos para a saúde da população, o presidente tem defendido a flexibilização da quarentena e, consequentemente, a a volta à normalidade no país, na contramão das orientações da OMS (Organização Mundial de Saúde) e principais autoridades sanitárias. O argumento do mandatário é que isolamento tem efeito devastador para a economia e pode levar ao desemprego em massa.

Já a maioria dos governadores e prefeitos têm sustentado a quarentena como ação necessária para impedir que o vírus se espalhe ainda mais. Várias cidades do país estão com comércio fechado e atividades interrompidas. A previsão é que o Brasil alcance o pico de casos de covid-19 entre o fim de abril e meados de maio.

Para Huck, não é o momento de "misturar alhos com bugalhos".

"A nós cabe exercitar mais do que nunca a cidadania, contribuindo para que a solidariedade seja mais contagiosa do que o vírus. Seguimos conectando doadores a quem precisa, construindo pontes, articulando iniciativas da sociedade civil e comunicando informações de fontes confiáveis."

Política