PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro mostra passeio a cavalo e diz: 'Estarei onde o povo estiver'

31.mai.2020 - Andando a cavalo, presidente Jair Bolsonaro (sem partido) passa por manifestação de apoiadores em frente ao Palácio do Planalto - Wagner Pires/Futura Press/Estadão Conteúdo
31.mai.2020 - Andando a cavalo, presidente Jair Bolsonaro (sem partido) passa por manifestação de apoiadores em frente ao Palácio do Planalto Imagem: Wagner Pires/Futura Press/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

31/05/2020 18h24Atualizada em 31/05/2020 19h30

Em mais um domingo participando de atos em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) compartilhou um vídeo em uma rede social em que aparece passeando a cavalo e acenando a apoiadores. O presidente não usava máscara, como determina o decreto assinado pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB-DF).

"Estarei onde o povo estiver", escreveu Bolsonaro na publicação.

Vestidos com camisas da seleção brasileira, como de costume, alguns manifestantes carregavam faixas com os dizeres "abaixo a ditadura do STF" e "intervenção militar". Havia ainda uma bandeira que pedia "intervenção no STF". Nenhum desses, porém, apareceu no vídeo compartilhado pelo presidente.

Antes, Bolsonaro havia sobrevoado o local de helicóptero. Depois que pousou, o presidente percorreu o cercado onde se aglomeravam os manifestantes, contrariando as orientações de autoridades sanitárias, e ainda pegou uma criança no colo.

Bolsonaro ficou por cerca de 25 minutos no local e se dirigiu ao Palácio da Planalto, antes de retornar ao Palácio da Alvorada. A manifestação foi convocada por redes sociais e a concentração começou por volta das 10h. O presidente chegou em torno do meio-dia.

Sábado: viagem, lanchonete e churrasco

Na véspera, o presidente viajou de helicóptero até a cidade de Abadiânia (GO), município próximo a Brasília. Ele estava acompanhado por aliados, incluindo o deputado major Vitor Hugo (PSL-GO), líder do governo na Câmara, e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Bolsonaro conversou com pessoas nas ruas, parou para tirar fotos e comeu numa lanchonete. Não utilizou máscara ao cumprimentar apoiadores e chegou a carregar uma criança que pediu para tirar uma foto com ele.

Também esteve num churrasco em Goiás. Vídeos e fotos que circularam nas redes sociais mostravam o presidente ao lado do cantor Amado Batista. O local do evento não foi confirmado.

Política