PUBLICIDADE
Topo

Política

Cunha é condenado a 15 anos de prisão por corrupção e lavagem, diz TV

Eduardo Cunha é conduzido por agentes - Heuler Andrey/AFP
Eduardo Cunha é conduzido por agentes Imagem: Heuler Andrey/AFP

Do UOL, em São Paulo

09/09/2020 19h53

O ex-deputado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha foi condenado hoje a 15 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, na Operação Lava Jato, de Curitiba (PR), segundo informações divulgadas pela GloboNews. A sentença foi dada pelo juiz Luiz Antônio Bonat.

Cunha é acusado pelo Ministério Público de receber US$ 5 milhões (R$ 26,6 milhões, na cotação atual) em propina em um contrato do estaleiro Samsung Heavy Industries com a Petrobras. Os pagamentos ilícitos teriam ocorrido entre os anos de 2012 e 2014, quando ele exercia o mandato como deputado federal.

A defesa informou que irá recorrer da sentença, já que entende que essa decisão "não sobrevive à análise de qualquer corte".

"A defesa de Eduardo Cunha tomou conhecimento da estarrecedora sentença proferida na data de hoje pela 13ª Vara Federal de Curitiba. Em um processo reconhecidamente sem provas, crimes que foram praticados por delatores são escandalosamente atribuídos a Eduardo Cunha, em uma absurda e esdrúxula ginástica argumentativa", iniciou a defesa, em nota enviada ao UOL.

"Trata-se de uma sentença teratológica, servil a uma visão punitivista, cruel e decadente de criminalização da política. A defesa de Eduardo Cunha irá interpor recurso e tem a convicção de que tal sentença não sobrevive à análise de qualquer Corte", acrescentou. A nota é assinada pelos advogados Ticiano Figueiredo e Pedro Ivo Velloso.

Política