PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Baixo Clero

A jornalista Carla Bigatto conduz com analistas um papo sobre temas que dominam a pauta política.


Trevisan: Caso Chico Rodrigues mostra que Lava Jato não eliminou corrupção

Do UOL, em São Paulo

18/10/2020 04h00

"Esse episódio do dinheiro na cueca prova que o presidente estava errado quando falou que a corrupção acabou no governo", disse Maria Carolina Trevisan, colunista do UOL no podcast Baixo Clero #61. A afirmação se refere à fala do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) dizendo que acabou com a Lava Jato porque "não existe mais corrupção no governo".

Na última quarta-feira, 14, o vice-líder do governo no Senado, Chico Rodrigues (DEM-RR), foi encontrado com dinheiro escondido na cueca durante abordagem da Polícia Federal, em Boa Vista. (Ouça a partir do minuto 4:57).

Trevisan ainda afirma que "é muito complicado roubar dinheiro num momento como esse" e que casos assim deveriam receber punição exemplar em um momento de pandemia. (Ouça a partir do minuto 13:33)

"A gente vê que no Brasil não tem adiantado isso, teve a Lava Jato, que Bolsonaro disse que acabou, e que realmente está enfraquecida, mas isso não quer dizer que a corrupção terminou, a corrupção continua acontecendo", disse Trevisan. "Esses dois fatores são muito graves, você juntar um momento de calamidade pública, em que você relaxa esses meios de fiscalização de obter financiamento e recurso público, para cometer corrupção", completa. (Ouça a partir do minuto 13:33)

O colunista Diogo Schelp também relembra que o senador que foi pego com dinheiro na cueca emprega Leo Índio, sobrinho de Bolsonaro. "No início do governo em 2019, sem nenhuma função no governo, ele [Leo Índio] tinha trânsito livre no Palácio do Planalto", disse.

Segundo o colunista, depois que essa situação virou uma espécie de questão no governo, Leo Índio passou a ser empregado no gabinete do senador Chico Rodrigues (DEM-RR). "Então isso prova, mais uma vez, que não é assim tão simples para a família Bolsonaro se desvencilhar desse episódio do senador pego com dinheiro na cueca", disse Schelp. (Ouça a partir do minuto 11:00)

"O presidente Bolsonaro ainda deu uma saída honrosa ao senador, ele saiu 'a pedido', disse Schelp. Segundo mensagem publicada em edição extra do Diário Oficial da União, a dispensa ocorreu "em atenção ao pedido" de Rodrigues. (Ouça a partir do minuto 06:56)

Baixo Clero está disponível no Spotify, na Apple Podcasts, no Google Podcasts, no Castbox, no Deezer e em outros distribuidores. Você também pode ouvir o programa no YouTube. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.