PUBLICIDADE
Topo

Política

Esse conteúdo é antigo

Bia Doria e DJ Pietra Bertolazzi batem boca após ida de governador a Miami

João Doria e Bia Doria - Reprodução/Twitter
João Doria e Bia Doria Imagem: Reprodução/Twitter

Luís Adorno

Do UOL, em São Paulo

27/12/2020 12h16

A primeira-dama de São Paulo, Bia Doria, e a DJ e influenciadora digital Pietra Bertolazzi trocaram farpas após o governador, João Doria, ter decidido ir a Miami, na última semana, para um recesso -em meio à pandemia e com pedidos feitos para a população paulista ficar em casa.

Pietra publicou uma série de imagens, tanto publicações fixas quanto em stories no Instagram, apontando contradições entre o discurso de Doria e a viagem para Miami. Entre as postagens, uma foto em que Doria aparece sem máscara, sentado em uma cadeira de uma loja e mexendo no celular.

Na sequência, Pietra publicou uma conversa com a primeira-dama. Na conversa, Bia Doria diz em um áudio que trabalhou no "front" da pandemia, indo a hospitais, durante o ano inteiro, enquanto a DJ estava em casa. E que, na imagem, era um momento de café.

Na legenda da imagem, a influenciadora diz achar que a primeira-dama não gostou de voltar ao Brasil. Doria decidiu voltar ao país ao saber que seu vice, Rodrigo Garcia (DEM), testou positivo para covid-19. Ao voltar ao Brasil, o governador admitiu que errou ao deixar o cargo e o país neste momento.

Em outra postagem, Pietra expôs outras mensagens de Bia Doria. Nelas, a primeira-dama diz que a influenciadora e outras pessoas perderam emprego por serem "dissimuladas" e que aqueles que quiseram trabalhar "se reinventaram e conseguiram".

"Não foi culpa do governador. Isso foi culpa do vírus, que veio de fora. Só uma pessoa ignorante não percebe isso. Você é uma pessoa ignorante", afirmou a primeira-dama. Na legenda da postagem, Pietra é irônica ao perguntar o segredo das milhares de pessoas que perderam emprego na pandemia e que conseguiram se reinventar.

Bia Doria respondeu Pietra por meio de nota oficial divulgada à imprensa no início da tarde de hoje. Ela disse que "reagiu indignada a uma acusação falsa contra o seu marido, João Doria, que sempre usa a máscara, conforme pode se constatar em coletivas de imprensa e compromissos públicos".

"Na foto compartilhada, o governador estava tomando um café. O ataque partiu de uma ex-funcionária que foi demitida do Fundo Social por baixo rendimento. Desde então, ela atua nas redes sociais para negar a importância do isolamento social e do uso de máscara, desta forma prestando um desserviço contra medidas essenciais no combate à pandemia", afirmou a primeira-dama.

Política