PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
2 meses

Marília Arraes é eleita para vaga na mesa em disputa que expôs racha no PT

Marília Arraes (PT) será segunda secretária da mesa da Câmara dos Deputados - Reprodução/Facebook
Marília Arraes (PT) será segunda secretária da mesa da Câmara dos Deputados Imagem: Reprodução/Facebook

Kelli Kadanus

Colaboração para o UOL, em Brasília

03/02/2021 13h41

Após o racha na bancada do PT na Câmara levar a eleição para o cargo de segundo secretário da mesa diretora para o segundo turno, Marília Arraes (PE) foi eleita para o cargo hoje. Ela fez 192 votos. Seu adversário, João Daniel (PT-SE), fez 168 votos.

Marília concorreu como candidata avulsa do PT à vaga e venceu a disputa apesar de um acordo firmado ontem no colégio de líderes para que todos os deputados votassem nos candidatos oficiais indicados pelas legendas.

No caso do PT, o indicado oficial da bancada era João Daniel (SE). O nome dele foi escolhido em uma votação apertada realizada hoje entre os parlamentares da bancada da Câmara. Foram 24 votos a favor dele e 22 a favor de Marília, que havia lançado candidatura avulsa já na segunda-feira (1º), incentivada pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

A bancada do PT havia decidido que não haveria candidatura avulsa, mas Marília se lançou na disputa à revelia do partido.

A escolha por Daniel pela bancada foi uma vitória da ala mais à esquerda do PT, que alegava existir um acordo político para que um representante do grupo ocupasse o cargo na mesa nesta eleição.

Já a candidatura de Marília foi defendida pela ala chamada CNB (Construindo um novo Brasil), mais pragmática.

Marília fez 172 votos no primeiro turno e Daniel, 166.

O nome de Daniel enfrenta mais resistências na Câmara porque ele faz parte da ala mais ideológica do PT. O deputado é ligado ao MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra).

Assim, a mesa ficou com a seguinte composição. Os mandatos são de dois anos.

Presidente: Arthur Lira (PP-AL);
Primeira vice-presidência: Marcelo Ramos (PL-AM);
Segunda vice-presidência: André de Paula (PSD-PE);
Primeira secretaria: Luciano Bivar (PSL-PE);
Segunda secretaria: Marília Arraes (PT-PE)
Terceira Secretaria: Rose Modesto (PSDB-MS);
Quarta secretaria: Rosângela Gomes (Republicanos-RJ);
Suplentes: Eduardo Bismack (PDT-CE), Alexandre Leite (DEM-SP), Gilberto Nascimento (PSC-SP) e Cassio Andrade (PSB-PA).

Política