PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
2 meses

Magda Mofatto será relatora na votação sobre prisão de Daniel Silveira

Parlamentar deixa Superintendência da PF no Rio - Herculano Barreto Filho/UOL
Parlamentar deixa Superintendência da PF no Rio Imagem: Herculano Barreto Filho/UOL

Eduardo Militão

Do UOL, em Brasília

19/02/2021 09h20Atualizada em 19/02/2021 11h39

A deputada federal Magda Mofatto (PL-GO) será a relatora do caso sobre a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) na Câmara. Ela afirmou ao UOL que ainda não decidiu se será a favor da detenção ou da soltura do colega. E disse que sua indicação "possivelmente" se deve a uma decisão conjunta dos parlamentares em acordo com o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL).

Silveira foi detido por ordem do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes após divulgar um vídeo defendendo uma "surra" no ministro Edson Fachin e a volta da ditadura militar e do AI-5 (Ato Institucional número 5).

O nome de Magda Mofatto causou surpresa, porque ontem havia a expectativa de que Carlos Sampaio (PSDB-SP) fosse o relator do caso. O tucano indicou que votaria pela manutenção da prisão de Silveira.

Magda disse ao UOL que ainda não decidiu como votará, se a favor da prisão ou da soltura de Silveira. "Nós estamos analisando, nós estamos analisando", disse ela na manhã desta sexta-feira (19).

Magda disse à reportagem não saber por que ela foi chamada a substituir Sampaio. Mas acredita que a sua indicação foi uma "decisão conjunta" articulada por Arthur Lira.

Não sei. Possivelmente uma decisão conjunta. Ele é muito participativo"
Magda Mofatto, deputada

Segundo a rede CNN Brasil, Lira afirmou que não se trata de uma troca na relatoria, pois o nome de Carlos Sampaio não chegou a ser oficializado. Lira atribuiu a vazamentos a informação de que Sampaio seria o relator do caso.

A votação que decidirá se os deputados manterão ou não a prisão de Silveira está agendada para às 17h de hoje. A decisão será concedida por maioria absoluta, ou seja, 257 votos ou mais a favor ou contra a prisão.

De acordo com a CNN, o deputado participará da sessão por videoconferência e terá 15 minutos para fazer sua defesa.

Moradora de Caldas Novas (GO), a cerca de 300 km de Brasília, a deputada Magda Mofatto está a caminho da capital.

Deputado diz ter sido surpreendido por mudança

O deputado Carlos Sampaio disse ter sido surpreendido com a escolha de Mofatto para a relatoria do caso. Em publicação nas redes sociais, o tucano afirmou que chegou a receber o convite para a relatoria do próprio presidente da Câmara dos Deputados, com quem conversou por telefone.

"Obviamente fui surpreendido com essa decisão de mudança do relator, ocorrida no final da noite de ontem, quando já estava fazendo a análise de todos os aspectos processuais e de mérito que envolvem a questão do Deputado Daniel", escreveu Sampaio.

Política