PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Kennedy sobre presidente no RN: 'Bolsonaro é um criminoso em série'

Do UOL, em São Paulo

24/06/2021 19h28

Para o colunista do UOL Kennedy Alencar, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é um "criminoso em série". Em participação no UOL News de hoje, Kennedy comentou a passagem de Bolsonaro pelo Rio Grande do Norte e o fato de ele ter abaixado ou orientado crianças a tirar a máscara de proteção.

"O presidente da República é um criminoso em série. O Rio Grande do Norte tem um decreto que prevê o uso de máscara. Portanto é um comportamento criminoso, porque desrespeita o decreto", afirmou o colunista, que justificou o uso de "em série" por Bolsonaro não usar máscara e desorientar sobre o assunto cotidianamente.

Kennedy condenou os atos de Bolsonaro desta quinta, que repetem suas ações ao longo de toda a pandemia de covid-19: "É um comportamento irresponsável que deseduca a população e isso estimula a propagação do vírus. Quando o presidente da República se comporta dessa maneira, ele transmite uma falsa segurança para as pessoas que acreditam nele. Eu acho deplorável, a gente não pode apoiar um comportamento desse tipo, tem que condenar. E o nome disso é crime".

Ele relembrou que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), não pautou nenhum dos mais de cem pedidos de impeachment e que o PGR (procurador-geral da República), Augusto Aras, também não denunciou Bolsonaro por nenhum crime comum. Neste cenário, Kennedy Alencar avalia que apenas a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid pode responsabilizar o presidente.

"A esperança de alguma responsabilização penal, política, cível, recai mesmo sobre o trabalho da CPI da pandemia, que é fundamental diante de um presidente que atrapalha", declarou.

Política