PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Bolsonaro abaixa máscara de criança e pede para menina retirar proteção

Do UOL, em São Paulo

24/06/2021 17h22Atualizada em 24/06/2021 20h48

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a se envolver em polêmicas sobre o uso de máscara no Rio Grande do Norte. Durante um dos eventos de sua agenda no estado, o presidente abaixou a máscara de uma criança que foi colocada em seu colo para uma fotografia.

Em meio a uma aglomeração de pessoas, ele pegou o garoto por cima da grade de proteção instalada pela segurança, e abaixou o equipamento de proteção que estava cobrindo o nariz e a boca, colocando-o no queixo. O vídeo foi divulgado nas redes sociais.

Mais cedo, durante um evento em Jucurutu (RN), Bolsonaro pediu para que uma criança de 10 anos tirasse a máscara. Ao começar a recitar um poema próprio, uma menina de 10 anos, que subiu ao palco, foi aconselhada pelo presidente a retirar a máscara, o que foi cumprido. Veja o vídeo abaixo

O uso de máscara é uma medida sanitária recomendada pelas autoridades de saúde contra a pandemia do novo coronavírus. No Rio Grande do Norte, o equipamento de proteção individual é obrigatório, conforme estabelecido em decreto estadual.

Na mesma cerimônia, o presidente voltou a atacar a imprensa e negou as supostas irregularidades com relação à aquisição da vacina Covaxin.

Bolsonaro é um crítico do uso de máscaras e já divulgou mentiras usando uma pesquisa distorcida para indicar que o equipamento era prejudicial às crianças e citando que a máscara reduz a oxigenação.

Ele também foi autuado no Maranhão e em São Paulo por não usar máscaras em eventos nos estados em maio e junho, respectivamente.

Política