PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
2 meses

Randolfe: CPI investiga ligação da Precisa com VTCLog e lavagem de dinheiro

Senador Randolfe Rodrigues, vice-presidente da CPI da Covid - Adriano Machado/Reuters
Senador Randolfe Rodrigues, vice-presidente da CPI da Covid Imagem: Adriano Machado/Reuters

Do UOL, em São Paulo

20/07/2021 15h08Atualizada em 20/07/2021 15h31

O vice-presidente da CPI da Covid, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) disse que a Comissão Parlamentar de Inquérito investiga a ligação entre a Precisa Medicamentos e VTCLog, que prestaram serviços para o Ministério da Saúde na aquisição de vacinas e insumos contra a covid-19.

Segundo o parlamentar, transferências bancárias entre as empresas pode indicar lavagem de dinheiro, com verbas que serviriam para pagar funcionários públicos e parlamentares da base de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Nós temos elementos para acreditar que essa empresa era também utilizada para abastecer, fazer distribuição de recursos para funcionários públicos e temos que aprofundar um pouco mais também para base parlamentar de apoio ao presidente Jair Bolsonaro. A hipótese que tralhamos é que a VTC ou Precisa podem estar em esquema de lavagem de dinheiro
Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI da Covid

Randolfe explicou ainda que a compra de insumos contra a covid-19 pelas empresas são, em princípio, esquemas diferentes, mas que as investigações do colegiado no Senado apontam que os contratos podem se comunicar. "Um retroalimenta o outro", declarou o parlamentar em entrevista ao Estúdio i, da GloboNews.

O vice-presidente da CPI apontou que as empresas Precisa Medicamentos e VTCLog têm contratos independentes no ministério da Saúde. Operações entre as duas empresas teriam movimentado R$ 250 mil segundo as investigações da CPI da Covid.

As duas empresas têm contratos independentes no Ministério da Saúde. Uma empresa cuida de medicamentos e apareceu do ano passado para cá cuidando de vacina. A outra empresa era remunerada pela logística, pela distribuição de insumos. Por que essas empresas estão se comunicando e transferindo valores entre uma e outra? Por que esses valores são quase exatos e baixos?
Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI da Covid

A VTC Operadora Logística Ltda, conhecida como VTCLog, é uma companhia privada que passou a assumir a responsabilidade pelo armazenamento, controle e distribuição de todas as vacinas, medicamentos, soros e insumos entregues pela União aos estados e municípios para combater a pandemia.

Testemunhas relataram a senadores que a "operadora logística" contratada durante a gestão do deputado Ricardo Barros (PP-PR) seria utilizada para desviar recursos do Ministério da Saúde, inclusive durante a crise sanitária.

Diante das evidências, Rodrigues disse que o esquema se assemelha à transferência de propina, com foco na retirada de dinheiro em espécie para a realização de pagamento de serviço a terceiros.

Incômodo de Bolsonaro indica caminho certo da CPI

Ao ser questionado sobre as ofensivas do presidente Jair Bolsonaro contra membros da Comissão Parlamentar de Inquérito, o senador Randolfe Rodrigues disse que as atitudes evidenciam que a CPI está "no caminho certo".

Quanto mais avançamos as investigações, fica claro o incômodo do Presidente da República. Nas últimas semanas, o presidente tem aumentado o tom de agressões pessoais, baixas, desqualificadas, em relação aos membros da CPI. Temos uma hipótese concreta sobre isso: nos dá mais convicção de que a CPI está no rumo certo
Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI da Covid

O senador disse também que as críticas de Bolsonaro podem indicar que as investigações estão não apenas se aproximando de aliados da gestão federal como do próprio presidente. Mesmo com as agressões, o vice-presidente da CPI disse que os desdobramentos não serão interrompidos e que o colegiado não aceitará intimidações.

A direção da CPI precisa deixar claro que não vai aceitar intimidação. Além do mais, não temos que aceitar a intimidação porque a CPI tem amplo apoio da população, porque nas próprias redes sociais, nós tiramos o BR do cercadinho o colocamos o presidente no cercadinho, ou seja, passamos a pautar agenda do presidente
Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI da Covid

Política