PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Doria chama Bolsonaro de 'bobão' por contestar urnas da própria eleição

Do UOL, em São Paulo

02/08/2021 23h13

O governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), classificou hoje o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como "bobão" por contestar as urnas eletrônicas, que o concederam seu mandato.

"É outra bobagem do Bolsonaro", disse ele em entrevista ao Flow Podcast. "Ele foi eleito pela urna eletrônica, e o bobão do Bolsonaro quer contestar a própria eleição".

Ele relembrou que o próprio partido pediu auditoria das eleições presidenciais em 2014, quando o candidato da legenda, Aécio Neves, saiu derrotado. "Qual foi a conclusão? Não teve fraude. A urna é inviolável, para que duvidar do que já foi checado e comprovado?", afirmou.

Doria citou ainda os custos de implementação da impressão de votos. "Para quê vai criar fiscalização sobre algo que já funciona bem e é transparente, só para gastar dinheiro público? Por causa do capricho do presidente?".

Durante a entrevista, ele disse ainda que o ministro da Economia, Paulo Guedes, se "bolsonarizou" e não conseguiu fazer "nada" no governo.

Prévias do partido

O governador confirmou a expectativa e disse que ele, o senador Tasso Jereissati (CE),o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio e o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite disputarão as prévias do partido para definir quem se lançará candidato à presidência em 2022.

A eleição interna está prevista para acontecer em 21 de novembro.

Política