PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Fux terá encontro com Aras, um dia após anunciar que não receberá Bolsonaro

Decisão de Fux acontece horas após anunciar o cancelamento de reunião entre chefes dos Poderes - Felipe Sampaio/STF e Adriano Machado/Reuters
Decisão de Fux acontece horas após anunciar o cancelamento de reunião entre chefes dos Poderes Imagem: Felipe Sampaio/STF e Adriano Machado/Reuters

Do UOL, em São Paulo

05/08/2021 21h15Atualizada em 05/08/2021 22h08

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) marcou um encontro com o procurador-geral da República, Augusto Aras, amanhã, às 12h, no prédio da Corte. Não foi confirmado qual será o assunto tratado.

A audiência acontece após Fux anunciar que cancelou hoje uma reunião entre os chefes dos Poderes, após ataques reiterados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) contra o Judiciário e o sistema eleitoral vigente.

"Atinge um dos integrantes, atinge a Corte por inteiro", disse.

A decisão foi tomada horas depois de Bolsonaro subir o tom contra Alexandre de Moraes, do STF, e dizer que "a hora dele vai chegar" — uma resposta à decisão do ministro de acolher uma notícia-crime do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e determinar a inclusão do presidente no inquérito das fake news, que investiga o financiamento e a disseminação de notícias falsas. O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, também tem sido alvo dos ataques.

Aras ainda não se manifestou sobre a conduta do presidente e as afirmações dele contrárias à urna eletrônica.

Política