PUBLICIDADE
Topo

Política

Paulo Coelho pede que ONU cobre vacinação de comitiva brasileira

Lucas Valença

Do UOL, em Brasília

18/09/2021 14h39

O escritor Paulo Coelho usou o Twitter hoje para pedir que o secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), António Guterres, impeça a comitiva presidencial brasileira, que deverá ir a Nova York para a Assembleia Geral da entidade, de entrar no local sem a comprovação de vacinação contra a covid-19.

"António Guterres, sei que não pode impedir a entrada de mandatários, mas seria uma vitória proibir a comitiva do presidente brasileiro de entrar", escreveu.

Segundo o escritor, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem sido um "mau exemplo", "estampado em todos os jornais do mundo", por não ter se vacinado contra a Covid-19.

As delegações dos países que irão participar do encontro organizado pela ONU chegaram a ser avisadas que os participantes terão de apresentar os comprovantes de imunização contra a Covid-19.

Na quinta-feira (16) passada, porém, o presidente afirmou na transmissão semanal que "está com a taxa de anticorpos" elevada e que tomará a vacina contra o novo coronavírus quando "todo mundo" tomar o imunizante no Brasil.

A fala do mandatário foi feita ao lado do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que recomendou que Bolsonaro se imunizasse.
"O senhor está bem, mas o senhor precisa se vacinar", disse o ministro.

Está previsto que o presidente brasileiro discurse na abertura do encontro, previsto para ocorrer na terça-feira (21).

Política