PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Ministério da Justiça autoriza uso da Força Nacional em Porto Velho

Homens da Força Nacional são autorizados a atuar em Porto Velho (RO) pelo Ministério da Justiça - Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
Homens da Força Nacional são autorizados a atuar em Porto Velho (RO) pelo Ministério da Justiça Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

20/09/2021 08h04Atualizada em 20/09/2021 11h26

O Ministério da Justiça e Segurança Pública autorizou hoje o uso da Força Nacional na capital Porto Velho, em Rondônia. A medida, "em caráter episódico e planejado", foi publicada no Diário Oficial da União.

Na portaria, não é especificado o motivo da ação. É apenas dito que a Força Nacional está autorizada "para atuar nas ações de policiamento ostensivo, polícia judiciária e perícia forense, nas atividades e nos serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio". Em julho, Bolsonaro já tinha autorizado o uso do Exército no combate a delitos ambientais em Rondônia. A tendência é que dessa vez as Forças Armadas sejam utilizadas em áreas rurais de Porto Velho.

Os agentes ficarão à disposição do estado por 30 dias, mas a portaria poderá ser prorrogada. Não foi informada o contingente a ser disponibilizado.

Em junho, o governo de Rondônia e o Ministério da Justiça e Segurança Pública realizaram uma ação conjunta para combater a invasão de propriedades rurais no estado. Batizada de Operação Rondônia, a iniciativa terá ao menos 90 dias e contará com a participação de reforços das polícias Federal e Rodoviária Federal.

Política