PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Eduardo Bolsonaro reposta crítica a Baldwin e vira alvo: 'baixo nível'

13.abr.2021 - O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), durante sessão da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados - Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
13.abr.2021 - O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), durante sessão da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Do UOL, em Brasília

23/10/2021 11h22Atualizada em 23/10/2021 12h23

O deputado federal e filho do presidente da República, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), repostou hoje uma crítica de Donald Trump Jr ao ator Alec Baldwin e virou ele próprio alvo de questionamentos.

Um disparo acidental de Alec Badwin com uma arma cenográfica em um set de filmagens do filme "Rust" ontem causou a morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, de 42 anos, e feriu o diretor Joel Souza, 48. Ela foi levada de avião para o Hospital da Universidade do Novo México, onde morreu devido aos ferimentos. Ele já recebeu alta, segundo a atriz Frances Fisher.

Eduardo Bolsonaro é a favor da ampliação do acesso a armas no Brasil.

"Tradução livre: 'aquele olhar quando um babaca desarmamentista mata mais pessoas com uma arma do que toda sua coleção de armas de fogo jamais matou...'. Ator Alec Baldwin matou uma mulher e deixou outro ferido com uma arma supostamente cenográfica. Talvez agora ele comece uma campanha contra armas cenográficas também, já que o problema é o objeto, não as pessoas que não sabem fazer checagem de segurança das armas que usam, algo mobral e básico para qualquer atirador ou policial iniciante", escreveu o deputado federal.

"Baixo nível", escreveu um internauta em resposta à postagem de Eduardo Bolsonaro. "Mesmo apoiando o governo atual, achei desnecessário esse pôster (sic), pois acho q jamais ele iria imaginar q a arma era de vdd", afirmou outro.

"Apoio o governo em algumas atitudes porém está sendo completamente sem nexo algum. Condenar alguém por um acidente é de uma completa falta de sensibilidade. É muito precipitado ainda falar sobre esse assunto que ocorreu", ponderou um terceiro internauta.

"Que bola fora. Acidentes podem acontecer com qualquer um. Inclusive com você e com a sua família. E se acontecer? O que você vai dizer. O teu post foi tão babaca quanto as críticas que Baldwin fazia ao governo Trump", afirmou mais um.

Por outro lado, internautas bolsonaristas também defenderam a postagem de Eduardo Bolsonaro. "Sou desarmamentista, mas ganho dinheiro usando armas. Hipocrisia que chama, né?!"

A postagem original foi feita ontem por Donald Trump Jr, filho do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump, de quem a família Bolsonaro é alinhada e se diz próxima. Baldwin é reconhecidamente crítico a ações de Trump, especialmente quando este estava à frente da Casa Branca.

Política