PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Bolsonaro: Não foi invenção da imprensa. É gente nossa querendo se cacifar

6.dez.2021 - O presidente Jair Bolsonaro conversou com apoiadores sobre a escolha do vice no ano que vem - Reprodução/Youtube/Foco do Brasil
6.dez.2021 - O presidente Jair Bolsonaro conversou com apoiadores sobre a escolha do vice no ano que vem Imagem: Reprodução/Youtube/Foco do Brasil

Do UOL, em São Paulo

07/12/2021 07h52Atualizada em 07/12/2021 11h05

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, ontem, que a escolha do candidato a vice-presidente em sua chapa para as eleições do ano que vem caberá apenas a ele e considera que a pessoa ideal para o cargo seja alguém que "não te dê trabalho e que some".

Em conversa com apoiadores em frente ao Palácio do Planalto, transmitida por um canal bolsonarista, o mandatário disse que há pessoas de seu entorno "pregando" na imprensa sobre o nome.

"Acertei com o Valdemar [Costa Neto, presidente do PL] muita coisa. Não está escolhido o vice. O vice quem vai escolher sou eu. Essas notas que são pregadas na imprensa, a gente sabe quem está pregando, lamentavelmente, para tumultuar. É gente nossa, tá? Não foi invenção. Essa não foi invenção da imprensa, foi pregação de gente nossa. Gente querendo se cacifar", criticou o presidente.

Agora, vice eu considero como casamento. Tem que ser uma pessoa que não te dê trabalho e que some. E, às vezes, mesmo pensando nisso o tiro sai pela culatra. Imagine deixar na mão de terceiros escolher. Jair Bolsonaro sobre vice

Vice sairá do centrão, diz revista

Ontem de manhã, também em conversa com apoiadores, o chefe do Executivo sugeriu que quem tentar se promover como candidato a vice-presidente em sua chapa "será cortado" das opções que avalia.

Bolsonaro não foi direto para dizer a qual reportagem se referia, mas afirmou que a revista Veja publicou recentemente que ele "já tinha o nome do Centrão para 2022". Na sexta-feira (3), uma reportagem da revista dizia que o vice de Bolsonaro sairá de um partido do centrão, com o PP aparecendo como favorito a fazer a indicação.

A filiação de Bolsonaro ao PL, formalizada na última semana, abriu a disputa pela posição de vice na chapa.

Na reportagem, a Veja diz que o PP aparece como favorito para indicar o vice de Bolsonaro, sendo que a preferência é por um nome ligado ao Nordeste. Um dos nomes cogitados, segundo a publicação, é o do ministro das Comunicações, Fábio Faria (RN), que poderia trocar o PSD pelo PP.

Política