PUBLICIDADE
Topo

Política

Datena diz que levou 'rasteira' na tentativa de ser presidente

Datena conversa com Fausto Silva para a divulgação da estreia de seu programa na Band - Reoprodução/Band
Datena conversa com Fausto Silva para a divulgação da estreia de seu programa na Band Imagem: Reoprodução/Band

Do UOL, em São Paulo

14/01/2022 18h35

O jornalista e apresentador José Luiz Datena disse hoje que levou uma "rasteira" em meio a tentativa de lançar a sua candidatura como presidente da República, nas eleições em outubro. A declaração ocorreu enquanto Datena conversava com Fausto Silva durante o "Brasil Urgente", da Band, nesta sexta-feira (14).

  • Faustão: Vai ser candidato ou não?
  • Datena: Vou ser candidato ao senado. Eu não posso falar mais nada porque senão me ferro, mas eu vou ser candidato ao senado.
  • Faustão: Olha, meu. Não sei quanto tempo ele fica lá. Ele não é de hipocrisia. Conchavo não é com ele.
  • Datena: Eu ia ser candidato a presidente, mas me deram uma rasteira pra presidente da república. Falaram: "olha, você vai lá e fala que é candidato a presidente. Sai até na Veja eu: "não, vou ser candidato a presidente. Quero ver. Vou ganhar e ser presidente". Depois, os caras fizeram uma fusão... e eu 'mifusão'. Até que tava bem na pesquisa...

No ano passado, Datena se filiou ao PSL (Partido Social Liberal) e foi alçado a pré-candidato à presidente da República nas eleições de 2022. Mas, em novembro, o apresentador confirmou ao UOL a sua saída do partido, a filiação ao PSD (Partido Social Democrático) e a sua candidatura ao Senado.

Em pesquisa feita pelo Ipec, divulgado em setembro, Datena aparecia com 3% das intenções de voto, à frente do governador de São Paulo, João Doria (2%), do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (1%) e do presidente do Senado Rodrigo Pacheco (1%). Neste cenário, a pesquisa mostrava Lula (PT, 45%), Jair Bolsonaro (PL, 22%), Ciro Gomes (PDT, 6%) e Sergio Moro (Podemos, 5%) a sua frente.

Política