PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
3 meses

Jornal: Avião da FAB é usado para levar presente de apoiadora a Bolsonaro

17.mar.2022 - Tela dada de presente por apoiadora ao presidente foi exibida em live  - Reprodução/Facebook/Jair Bolsonaro
17.mar.2022 - Tela dada de presente por apoiadora ao presidente foi exibida em live Imagem: Reprodução/Facebook/Jair Bolsonaro

Do UOL, em São Paulo

04/05/2022 08h17Atualizada em 04/05/2022 11h53

Um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) foi usado para que um quadro feito por uma apoiadora do presidente Jair Bolsonaro (PL) em homenagem ao mandatário chegasse até ele. A tela foi colocada ao fundo de um live do presidente em 17 de março. As informações são do jornal O Globo.

No quadro, o presidente aparece duas vezes — numa delas, está sorrindo e segurando uma caneta e na outra com o olhar contemplativo. A tela é de autoria de artista Lucimary Billhardt, que, além do presidente, retrata aliados dele e seus familiares. A artista também pinta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), adversário político do mandatário, mas de uma forma negativa.

Em entrevista ao jornal, por e-mail, Lucimary contou que procurou a FAB depois de verificar que ficaria caro enviar o quadro do Rio de Janeiro, onde vive, para Brasília.

"O custo de enviar pelo Correio seria alto, pois precisava de embalagem especial bem cara. Então tive a ideia de perguntar à FAB se seria possível inclui-la num voo que fosse já esquematizado para Brasília. Contatei a base aérea do Galeão e perguntei, eles me informaram (que) se não fosse grande, incluiriam no voo. E assim foi feito uma semana depois! Aliás, foi dito que a Força Aérea nos serve, pois nossos impostos pagam! Tenho eterna gratidão à FAB, pois seria muito difícil de outra forma", afirmou.

A artista disse ainda que seu intuito não é ficar famosa, mas "apoiar Bolsonaro e divulgar minha segunda arte". Ela contou ter trabalhado como bailaria na Europa e nos Estados Unidos.

Conforme a reportagem, em resposta a um pedido feito via LAI (Lei de Acesso à Informação), a FAB afirmou que "foi consultada e autorizou o transporte, em 18 de fevereiro de 2022, no trecho Rio de Janeiro/Brasília, em aproveitamento de voo em aeronave que se encontrava pousada na Base Aérea do Galeão, portanto, sem custos adicionais, de um quadro doado para o Senhor Presidente da República".

A FAB não informou, no entanto, quem fez a consulta, o responsável por autorizar o transporte e quais regras para que qualquer pessoa possa solicitar o transporte de objetos em voo oficial. O UOL também procurou a FAB e aguarda retorno.

A reportagem destaca ainda que no dia 18 de fevereiro não há nenhum voo entre Rio e Brasília registrado — a Aeronáutica registra em seu site todos os voos de autoridades e comandantes das Forças Armadas. A FAB também não esclareceu ao jornal quem mais estava na viagem na qual o quadro foi transportado.

Segundo o jornal, Bolsonaro agradeceu Billhardt pelo presente em um comentário no Facebook: "Muito obrigado pela generosidade".

Política