PUBLICIDADE
Topo

Política

Eleições 2022: como denunciar informações falsas sobre a votação

Logotipo do UOL Confere - UOL
Logotipo do UOL Confere Imagem: UOL

Do UOL, em São Paulo

03/08/2022 10h44

Eleitores que pretendem denunciar informações falsas sobre o processo eleitoral podem acionar o Sistema de Alerta de Desinformação Contra as Eleições, da Justiça Eleitoral. O UOL Confere e o Projeto Comprova também têm um canal para envio de suspeitas de desinformação.

O contato com o UOL Confere deve ser feito pelo e-mail uolconfere@uol.com.br ou pelo Twitter @uolconfere.

Também é possível acionar o Projeto Comprova, um consórcio de veículos de comunicação liderado pela Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo). O contato deve ser feito via WhatsApp, pelo número (11) 97045-4984.

Para acionar o sistema da Justiça Eleitoral, lançado no final de julho deste ano, o eleitor deve descrever a mensagem suspeita, indicar a plataforma em que foi veiculada e o link da postagem.

As informações recebidas são repassadas às plataformas digitais e agências de checagem que integram o Programa de Enfrentamento à Desinformação ou ao MPE (Ministério Público Eleitoral). Google Brasil, YouTube, Facebook, Instagram, WhatsApp, Telegram, Kwai, TikTok, LinkedIn, Twitter e Spotify fazem parte de acordo de cooperação com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para as eleições deste ano.

Segundo o site do TSE, podem ser denunciados:

  • Informações equivocadas sobre a participação dos eleitores nas votações de 2022, distorcendo dados relativos a horários, locais de votação e documentos exigidos;
  • Contas falsas com uso da imagem da Justiça Eleitoral para compartilhar informações enganosas contra as eleições;
  • Ameaças aos locais de votação ou a outros locais ou eventos importantes;
  • Informações não verificadas sobre fraude eleitoral, adulteração de votos, contagem de votos ou certificação dos resultados da eleição;
  • Veiculação de discurso de ódio e incitação à violência para atacar a integridade eleitoral e agentes públicos envolvidos no processo.

Política