Conteúdo publicado há 6 meses

'Inapropriada', diz Saúde após ser questionada por dança erótica em evento

O Ministério da Saúde lamentou, em nota, uma apresentação de dança "inapropriada" que aconteceu em um evento da pasta ontem. Em vídeo compartilhado e criticado por parlamentares de oposição ao governo, uma mulher rebola e mostra a calcinha no palco.

O que aconteceu

Ministério diz que dança foi "episódio isolado", e que vai adotar medidas para que isso não aconteça novamente. Em comunicado, a pasta diz que a apresentação não reflete "a política da Secretaria e nem os propósitos do debate sobre a promoção à saúde realizados no encontro" (leia a íntegra abaixo).

Vice-presidente da Câmara protocolou pedido de explicação. O deputado Sóstenes Cavalcante (PL-RJ) protocolou hoje um requerimento para que a ministra Nísia Trindade forneça uma lista com os custos e os nomes da organização do evento. "A mencionada apresentação com dança erótica no referido evento não condiz com as políticas e diretrizes estabelecidas pelo Ministério da Saúde em relação à promoção da saúde", escreveu ele no documento.

Vídeo com "dança erótica" foi criticado por parlamentares. "Chocante como a ideologia contaminou o governo", escreveu o senador Ciro Nogueira (PP-PI). Por volta das 15h (horário de Brasília), "Ministério da Saúde" aparecia como um dos termos mais comentados no X, ex-Twitter.

Criação de curadoria

A Saúde também informou que, após este "lamentável episódio", a pasta vai criar uma "curadoria para organização de eventos oficiais" do ministério. O UOL apurou que a ideia não é cercear a "liberdade dos artistas" ou diminuir o número de apresentações populares, mas evitar que episódios como o de ontem volte a acontecer.

Diante do lamentável episódio envolvendo uma apresentação artística em evento do Ministério da Saúde, a pasta cria curadoria para organização de eventos oficiais. A curadoria, vinculada ao Gabinete da Ministra, avaliará os eventos propostos por todas as áreas da pasta. A avaliação considerará a adequação das propostas à missão institucional do Ministério.

Leia a nota do Ministério da Saúde na íntegra:

A Secretaria de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde promoveu o 1º Encontro de Mobilização para a Promoção da Saúde no Brasil (Em Prosa). O objetivo do evento é apoiar a implementação e a gestão participativa da Política Nacional de Promoção da Saúde a partir do compartilhamento de experiências e da ampliação do diálogo entre gestores e trabalhadores de diferentes estados, com momentos dedicados à diversidade cultural.

Continua após a publicidade

A programação contou com a participação de 07 grupos artísticos nos seus intervalos. Uma das apresentações surpreendeu pela coreografia inapropriada.

O Ministério da Saúde lamenta pelo episódio isolado, que não reflete a política da Secretaria e nem os propósitos do debate sobre a promoção à saúde realizados no encontro, e adotará medidas para que não aconteça novamente.

Deixe seu comentário

Só para assinantes