Conteúdo publicado há 3 meses

Lula defende Dino após mulher de líder do CV ir a ministério: 'Não há foto'

O presidente Lula (PT) defendeu hoje o ministro Flávio Dino após a ida da mulher de um líder do Comando Vermelho ao Ministério da Justiça.

O que aconteceu:

Lula diz que o Dino é alvo de "absurdos ataques artificialmente plantados". Uma reportagem do Estadão mostrou que assessores do Ministério da Justiça fizeram reuniões com a mulher de um dos líderes do CV.

Ele diz que adversários fizeram uma ação coordenada para espalhar fake news. "Não se conformam com a perda de dinheiro e dos espaços para suas atuações criminosas".

Ministros e aliados do governo também se pronunciaram em defesa de Dino.

Não há uma foto sequer, mas há vários dias insistem na disparatada mentira.
Presidente Lula

Dino já declarou que nunca se encontrou com Luciane Barbosa Farias, conhecida como dama do tráfico. "Simplesmente inventaram a minha presença em uma audiência que não se realizou em meu gabinete".

Continua após a publicidade

Alguns nomes da oposição, como Carla Zambelli (PL) e Fernando Holiday (PL), atacaram o ministro Dino. Zambelli, por exemplo, diz que vai pedir o impeachment de Dino e que ele tem "laços com o crime".

Mutirão em defesa

Depois de Lula, colegas de Dino na Esplanada e aliados do governo também saíram em defesa do ministro. O ministro da Secom (Secretaria de Comunicação Social), Paulo Pimenta, disse que "", enquanto o AGU (Advogado-Geral da União) Jorge Messias chamou as acusações de "infundadas".

Continua após a publicidade

Entenda o caso

Luciane esteve em pelo menos duas audiências no prédio do Ministério da Justiça, em Brasília. Ela é casada com Clemilson dos Santos Farias, o Tio Patinhas.

Ela se apresenta como presidente da ILA (Associação Instituto Liberdade do Amazonas), uma ONG que, segundo investigações da Polícia Civil, atua em prol de presos ligados ao Comando Vermelho e é financiada com dinheiro do tráfico.

Luciane circula por Brasília ao lado da advogada Camila Guimarães de Lima e da amiga Janira Rocha, ex-deputada estadual pelo PSOL.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora