Conteúdo publicado há 1 mês
OpiniãoPolítica

Maierovitch: 'Não é mais Movimento Brasil Livre, é associação deliquencial'

O MBL já não constitui um movimento, mas sim uma "associação delinquencial" e, por provocações, já passou da hora de decretar prisão preventiva para membros do grupo, opinou o jurista e colunista do UOL Wálter Maierovitch durante o UOL News desta terça-feira (16).

Ele comentava a reação do deputado Glauber Braga (Psol-RJ) que empurrou militante do MBL após provocações. Essa não é a primeira vez que o grupo age de forma provocativa com adversários ideológicos. O deputado Kim Kataguiri (União Brasil-SP) disse que vai processar e pedir a cassação de Braga.

Esse pessoal [MBL] reunido e com o propósito de provocar e cometer crime já constitui não mais um Movimento Brasil Livre, mas uma associação delinquencial. Diante desse quadro, já passou da hora de decretar prisões preventivas [para esse grupo]. Wálter Maierovitch, colunista do UOL

Maierovitch diz que o MBL saiu da mera provocação e partiu para uma abordagem mais agressiva do que seriam seus desafetos.

Tenho observado que esse pessoal desse Movimento Brasil Livre está crescendo: da mera provocação se passa a uma provocação mais agressiva, e já partiram, e a gente acaba de assistir, para o campo criminal. Wálter Maierovitch, colunista do UOL

Por que eu tô dizendo isso? Porque existe — e já está bem caracterizada — crimes como, por exemplo, de ameaça, injúria, lesões corporais. Wálter Maierovitch, colunista do UOL

Pedido de cassação do mandato de Glauber Braga

O MBL divulgou nota na qual afirma que o deputado Kim Kataguiri (União-SP) vai pedir a cassação de Glauber Braga.

"O porta-voz do Movimento Brasil Livre, Gabriel Costenaro, foi agredido e expulso da Câmara Federal a chutes pelo deputado Glauber Braga. Costenaro estava trabalhando contra a regulamentação do Uber e, na saída para o almoço, foi abordado pelo deputado, que começou a fazer acusações e o empurrou para fora", diz a nota.

Continua após a publicidade

"Ao final, ele e Gabriel Costenaro foram para a delegacia, onde o deputado Kim Kataguiri foi ao encontro de seu colega de MBL. Nesse momento, Glauber Braga começou a chamar Kataguiri de nazista e tentou agredi-lo, mas foi contido por outras pessoas no local. Após as atitudes vexatórias e violentas do deputado, Kim Kataguiri afirmou que irá pedir a cassação do psolista", informa o texto.

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Veja a íntegra do programa:

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes