Conteúdo publicado há 1 mês

Moraes mantém Roberto Jefferson preso e pede que hospital diga se dará alta

O ministro Alexandre de Moraes manteve nesta terça-feira (23) a prisão preventiva do ex-deputado federal Roberto Jefferson.

O que aconteceu

Moraes deu 48 horas para hospital dizer se Jefferson vai receber alta. O ex-deputado está internado no Hospital Samaritano de Botafogo, no Rio, desde junho do ano passado após cair e bater a cabeça na cela onde estava, no presídio de Bangu 8.

Os advogados do ex-deputado ainda não se manifestaram. O UOL entrou em contato com a defesa. Em caso de manifestação, esse texto será atualizado.

A prisão de Jefferson

O ex-deputado foi preso em outubro de 2022 por ofensas a autoridades e ataques às instituições democráticas brasileiras. Ele também responde por atirar e lançar granadas contra agentes da PF que cumpriam mandados de busca na casa dele, em Levy Gasparian (RJ).

Defesa de Jefferson teve várias derrotas judiciais recentes. Além das negativas para revogar a prisão preventiva, Moraes também negou pedidos dos advogados para que o caso tramite na Justiça Federal do DF.

Deixe seu comentário

Só para assinantes