PUBLICIDADE
Topo

Austrália e Nova Zelândia registram maior volume de contaminações em jovens

Jovens com idades entre 20 e 29 anos têm sido os mais afetados - iStock
Jovens com idades entre 20 e 29 anos têm sido os mais afetados Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

31/03/2020 08h04

Apesar de pessoas acima dos 60 anos serem mais vulneráveis ao novo coronavírus, a Austrália e a Nova Zelândia têm observado um número alto de contaminação em jovens.

Segundo dados do governo australiano, 21% de seus casos confirmados atingiram jovens com idades entre 20 e 29 anos, segundo informações da CNN.

A porcentagem de pessoas com 30 a 39 anos ficou em 16%. Por sua vez, a contaminação de idosos acima de 60 anos foi de 31%.

Já na Nova Zelândia, o contágio do novo coronavírus se mostrou um pouco diferente. Até o momento, os jovens de 20 a 29 anos foram os mais infectados, com 26%.

Do total, 14% dos casos têm entre 30 e 39 anos e 21% das infecções aconteceram em pessoas acima dos 60 anos.

Um dos motivos que podem ajudar a explicar os dois cenários é que Austrália e Nova Zelândia são lugares de grande fluxo de turistas. A maioria dos casos está relacionada a viagens ao exterior.

Principais sintomas da covid-19

Coronavírus