PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
1 mês

Consórcio de cidades de SC para compra de Sputnik quer 3 milhões de doses

A Sputnik V é uma vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, na Rússia - Adriana Toffetti/A7 Press/Estadão Conteúdo
A Sputnik V é uma vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, na Rússia Imagem: Adriana Toffetti/A7 Press/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

05/03/2021 21h22

Um consórcio para a compra direta de vacinas contra a covid-19 reuniu 204 cidades de Santa Catarina, que querem garantir 3 milhões de doses da Sputnik V. O processo, liderado pela Fecam (Federação Catarinense de Municípios), deve encaminhar, na próxima semana, um protocolo de intenção de compra para a União Química, farmacêutica que produzirá a vacina russa no Brasil.

Em vídeo, o prefeito de Araquari, Clenilton Pereira, que aderiu ao consórcio, explica que o laboratório deverá responder ao pedido, dizendo se pode atender a demanda ou não, em até 72h. "Depois da assinatura do contrato, a entrega dos lotes deve ser feita em até 20 dias, 15 dias úteis", disse. "Somos a primeira federação de municípios a adiantar a possibilidade de compra de vacinas".

Ainda segundo ele, o pagamento só será efetuado após a entrega das vacinas. O valor proposto por dose é de US$ 9,75 (cerca de R$ 55,49).

De acordo com dados preliminares divulgados na revista científica "The Lancet" no mês passado, a Sputnik V tem 91,6% de eficácia contra casos sintomáticos de covid-19.

A compra direta de vacinas contra a covid-19 por estados, municípios e iniciativa privada foi aprovada pela Câmara dos Deputados no início desta semana. Pelo texto, a aquisição se torna possível desde que a vacina tenha registro ou autorização temporária de uso emergencial aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Além da Fecam, a FNP (Frente Nacional dos Prefeitos) também tem a intenção de comprar vacinas diretamente com farmacêuticas. Até hoje, 1.703 prefeituras manifestaram interesse em aderir ao consórcio —o que representa 125 milhões de habitantes.

Saúde