PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
15 dias

MPF recebe denúncia contra Guarulhos por suposto desvio de doses

MPF recebe denúncia contra Guarulhos por suposto desvio de 9 mil doses da vacina contra covid-19 - Marcelo Justo/UOL
MPF recebe denúncia contra Guarulhos por suposto desvio de 9 mil doses da vacina contra covid-19 Imagem: Marcelo Justo/UOL

Do UOL, em São Paulo

27/04/2021 21h28Atualizada em 27/04/2021 21h28

A Prefeitura de Guarulhos foi denunciada ao MPF (Ministério Público Federal) pelo suposto desvio de 9 mil doses de vacina contra a covid-19. A ação, do deputado federal Alencar Santana (PT), questiona se todas as doses disponíveis foram aplicadas e em quem.

Segundo o deputado, a denúncia foi aberta após ele procurar a Secretaria de Saúde de Guarulhos sobre dados da vacinação. O órgão respondeu ter recebido 55.182 doses do Ministério da Saúde até o início de março, além de vacinar 20.029 funcionários públicos —dado que contraria o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública, que disse ao SPTV que foram vacinados apenas 12 mil servidores.

"Num primeiro momento, no mês de fevereiro, início de março, o critério de vacinação era por idade das pessoas, as mais idosas primeiros. Se [a Prefeitura de Guarulhos] vacinou todos os servidores, por si só, quebrou a ordem ao vacinar pessoas do setor administrativo", declarou Santana ao jornal.

Ao UOL, a Prefeitura de Guarulhos informou que "a denúncia ao MP se baseou em um erro de digitação na resposta ao deputado" e que não aplicou 9 mil doses a menos. O dado correto, diz a prefeitura, é de 5.377 servidores vacinados com a 1ª dose da vacina contra covid-19.

"Até dia 24 de fevereiro, data que a Secretaria Municipal de Saúde respondeu ao ofício, em vez dos 20.029 informados erroneamente, que se referem a totalidade de trabalhadores da saúde, Guarulhos tinha vacinado 5.377 servidores públicos municipais da Saúde", esclareceu.

"Os demais são funcionários de hospitais estaduais e terceirizados empregados em organizações sociais que prestam serviços ao Município, além de funcionários de clínicas e consultórios privados imunizados nos polos de vacinação, seguindo a determinação do Plano Nacional de Imunização".

A Prefeitura ainda ressaltou que a Secretaria de Saúde prestará as informações necessárias, "já que não houve —em hipótese alguma —qualquer desvio na aplicação das doses".

Nas redes sociais, o deputado Alencar Santana voltou a criticar a Prefeitura de Guarulhos. "Tem algo de podre que o prefeito Guti não conseguiu esconder. Ou vocês acreditam que escrever 20 mil em vez de 5 mil é erro de digitação?", questionou.

Coronavírus