Polícia encontra bomba e bandeira do EI em batidas em Bruxelas

Em Bruxelas

A polícia belga encontrou um artefato explosivo e uma bandeira do grupo EI (Estado Islâmico) em batidas realizadas em Bruxelas, disse a Procuradoria federal nesta terça-feira (22), ao comentar a investigação em curso após os atentados cometidos no aeroporto e no metrô da capital. Pelo menos 34 pessoas morreram e outras 200 ficaram feridas no total.

"As batidas policiais, realizadas em Schaerbeek, levaram à descoberta de um artefato explosivo com pregos, entre outras coisas. Os investigadores descobriram ainda produtos químicos e uma bandeira do Estado Islâmico", afirmou a Procuradoria em um comunicado.

As autoridades buscam um possível suspeito responsável pelos atentados no aeroporto de Bruxelas e pediram a colaboração da população para seu reconhecimento. Nesse sentido, uma imagem desse indivíduo capturada pelas câmeras de vigilância do aeroporto foi divulgada pela polícia. Nela, o suspeito aparece junto com outras duas pessoas.

De acordo com o procurador, "duas pessoas provavelmente cometeram um atentado suicida" no aeroporto. "Vários operações de busca e apreensão estão em curso em diferentes lugares do país", informou, acrescentando que os investigadores estão interrogando "várias testemunhas".

Uma hora depois dos atentados no aeroporto de Zaventem outro foi cometido em uma composição do metrô que estava parada na estação Maalbeek. Segundo o prefeito de Bruxelas, pelo menos 20 pessoas morreram.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos