Juiz ordena prisão da líder das Mães da Praça de Maio na Argentina

Em Buenos Aires

  • Sergio Goya/Folhapress

Um juiz ordenou nesta quinta-feira a prisão da líder da organização argentina Mães da Praça de Maio, Hebe de Bonafini, que se negou a ir depor pela segunda vez ante a justiça, em um caso de suposto desvio de fundos públicos.

O juiz Marcelo Martínez de Giorgi, encarregado do caso, ordenou a detenção, confirmou à AFP seu secretário, depois que Bonafini, de 87 aos, se negou a comparecer ante o tribunal.

"Se tiverem que me prender, que me prendam", desafiou a veterana ativista apoiada por uma multidão na praça de Buenos Aires, onde marcha há 40 anos pedindo justiça por seus filhos desaparecidos na ditadura argentina (1976-83).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos