Israel/palestinos: Quarteto analisa iniciativas francesa e egípcia

Nações Unidas, Estados Unidos, 23 Set 2016 (AFP) - O Quarteto para o Oriente Médio, integrado por ONU, União Europeia, Estados Unidos e Rússia, anunciou nesta sexta-feira que analisa as iniciativas de França e Egito para a retomada do diálogo de paz entre israelenses e palestinos.

Os integrantes do Quarteto se reuniram à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York, na presença do secretário-geral da organização, Ban Ki-moon, do secretário americano de Estado, John Kerry, e dos chefes da diplomacia de Rússia e União Europeia, Serguei Lavrov e Federica Mogherini.

"Na segunda parte da reunião entraram os ministros das Relações Exteriores de Egito e França - Sameh Choukry e Jean-Marc Ayrault - para informar sobre suas gestões em favor da paz no Oriente Médio", informou o Quarteto em um comunicado.

"Todos concordaram sobre a importância de se manter uma estreita coordenação dos esforços para atingir o objetivo comum de uma solução de dois Estados", israelense e palestino.

Os palestinos defendem há longo tempo negociações sob mediação internacional, enquanto Israel e os Estados Unidos querem negociações diretas.

Em um relatório publicado no final de junho, o Quarteto exortou Israel e os palestinos a renunciar, respectivamente, à colonização e à violência, que consideram minar as possibilidades de paz e solução de dois Estados.

Ao menos 570 mil colonos israelenses vivem na Cisjordânia ocupada e em Jerusalém Oriental, a parte palestina da cidade santa ocupada e anexada por Israel. As Nações Unidas consideram estas colônias ilegais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos