Japão aprova orçamento de defesa recorde

Tóquio, 22 dez 2016 (AFP) - O governo do primeiro-ministro japonês Shinzo Abe aprovou nesta quinta-feira um orçamento anual de defesa recorde, em resposta às ameaças nucleares da Coreia do Norte e tensões territoriais com a China.

O gabinete aprovou um orçamento de 43,6 bilhões de dólares em gastos de defesa para o ano fiscal que começa em abril, um aumento de 1,4% na comparação com o que estava previsto inicialmente.

Este é o quinto aumento consecutivo anual e reflete a posição inflexível de Abe sobre a necessidade de consolidar as Forças Armadas do Japão, que desde a Segunda Guerra Mundial devem limitar-se a um papel defensivo.

Partidário de uma revisão da Constituição, Abe apoiou as novas leis do setor de segurança que entraram em vigor este ano para permitir o combate de tropas japonesas no exterior, pela primeira vez desde o fim da guerra.

O Japão se encontra em estado de alerta constante por causa da vizinha Coreia do Norte, que este ano executou dois testes nucleares subterrâneos e lançou mais de 20 mísseis.

Com o novo orçamento, o ministério pretende fortalecer as defesas balísticas do Japão ao financiar um novo sistema para interceptar mísseis, desenvolvido em parceria com os Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos