Trump diz no Twitter que eleição de líder democrata foi 'manipulada'

Washington, 26 Fev 2017 (AFP) - Donald Trump escreveu neste domingo no Twitter que a eleição do presidente do Partido Democrata dos Estados Unidos no dia anterior foi "manipulada".

"A corrida à presidência do DNC [Comitê Nacional Democrata] foi, sem dúvida, completamente 'manipulada'. O cara do Bernie [Sanders], assim como o próprio Bernie, nunca teve nenhuma chance. Clinton queria Perez", escreveu o presidente republicano.

Os membros do Partido Democrata elegeram no sábado Tom Perez, de 55 anos, como seu novo líder, o primeiro hispânico que dirigirá a formação. É muito próximo do ex-presidente Barack Obama, de quem foi secretário do Trabalho.

Seu principal adversário, Keith Ellison, nomeado seu número dois, representava a ala mais à esquerda do partido e era apoiado pelo ex-candidato das primárias do Partido Democrata para a eleição presidencial Bernie Sanders.

A eleição de sábado foi alvo de uma troca de mensagens ácidas entre o presidente republicano e Tom Perez.

De forma sarcástica, Trump reagiu imediatamente no sábado no Twitter parabenizando os democratas por terem elegido "Thomas Perez".

"Eu não poderia estar mais feliz por ele, ou pelo Partido Republicano!", ironizou o presidente americano.

"Me chame de Tom. E não fique tão alegre", respondeu Perez na mesma rede social, prometendo que a nova direção do partido "e todos os democratas unidos do país serão o seu pior pesadelo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos