Fazendeiros sul-africanos condenados à prisão por tentar colocar homem negro em caixão

Middelburg, África do Sul, 27 Out 2017 (AFP) - Um tribunal sul-africano condenou nesta sexta-feira a 19 e 16 anos de prisão dois fazendeiros brancos que filmaram sua tentativa de prender um homem negro em um caixão.

"A conduta dos acusados foi desumana e repugnante", declarou a juíza Segopotje Mphahlele, do tribunal de Middelburg, a 165 km de Johannesburgo.

Os dois fazendeiros, Willem Oosthuizen e Theo Martins Jackson, foram acusados de tentativa de assassinato, sequestro, agressão e intimidação.

O caso explodiu depois que que um vídeo de 20 segundos foi divulgado na internet. As imagens mostram um homem negro, Victor Mlotshwa, vivo dentro de um caixão.

No vídeo é possível observar o momento em que um dos fazendeiros tenta fechar o caixão, enquanto a vítima grita e tenta impedir a todo custo.

vid-gw/bgs/gm/es/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos