PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Iraque controla 50% do deserto e continua combatendo jihadistas

27/11/2017 12h59

Bagdá, 27 Nov 2017 (AFP) - As forças iraquianas "limparam" a metade do deserto, de onde expulsaram os extremistas islâmicos, mas se preparam para uma difícil batalha em Wadi Horan, onde resistem membros do grupo Estado Islâmico (EI), afirmou nesta segunda-feira um oficial.

"Nossas unidades limparam 50% da superfície total do deserto de 29.000 km2. A primeira fase terminou e agora nossas unidades vão limpar o resto da zona desértica", declarou à AFP o general Yehya Rasul, porta-voz do Comando Conjunto de Operações (JOC).

Entre as áreas que ainda precisam ser "limpadas" está Wadi Horan, um vale que "se une ao território sírio", acrescentou.

"A missão é destruir todos os esconderijos no deserto e os vales para garantir a segurança na fronteira oeste do Iraque com a Síria", ,explicou o general Rasul.

Segundo o militar, isso permitirá aos guardas de fronteira iraquianos o controle de toda a fronteira.

Wasi Horam, o maior vale do Iraque, é em grande parte controlado pelo EI desde 2014.

Internacional