PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Palestinos clamam por vingança em enterro de homem morto por israelenses

27/01/2019 17h48

Mughayir, Territórios palestinos, 27 Jan 2019 (AFP) - Cerca de 3.000 pessoas que clamavam por vingança participaram, neste domingo (27), do funeral de Hamdi Nassan, morto por disparos de colonos israelenses no sábado, em Mughayir, um povoado da Cisjordânia ocupada.

De acordo com o Ministério palestino da Saúde, Hamdi Nassan integrava um grupo de seis palestinos que foi atacado. O homem faleceu ao ser atingido a tiros nas costas.

O Exército israelense disse que, no sábado, explodiu "um conflito entre civis israelenses e palestinos, e os civis (israelenses) dispararam com munição real. Um palestino morreu".

"Pelo menos oito colonos, vestidos de branco e armados com fuzis chegaram pelo norte do povoado. Não sabíamos o que queriam e fugimos ao vê-los, mas começaram a atirar", relatou Ali Hassan.

Mughayir é um povoado de 4.000 habitantes em um território palestino ocupado por Israel há mais de meio século e é cercado por quatro colônias israelenses. Esses empreendimentos são considerados ilegais pelo Direito Internacional.

Cerca de 450.000 colonos vivem na Cisjordânia ocupada junto com 2,5 milhões de palestinos.

he-jjm/cmr/jlr/iw/mb/age/tt

Internacional