PUBLICIDADE
Topo

Meio Ambiente

Secretário-geral da ONU pede maior mobilização internacional pela Amazônia

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, fala com a imprensa durante cúpula do G7 em Biarritz, na França - Ludovic Marin/AFP
O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, fala com a imprensa durante cúpula do G7 em Biarritz, na França Imagem: Ludovic Marin/AFP

Em Biarritz (França)

26/08/2019 09h55

O secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu hoje, durante a cúpula do G7 em Biarritz, a mobilização da comunidade internacional para preservar a Amazônia, onde os incêndios florestais estão se multiplicando.

"Há um forte apelo, e espero que possamos mobilizar muito mais recursos para ajudar os países da Amazônia", disse Guterres após uma reunião do G7 sobre o clima e as queimadas na América do Sul.

É necessário, acrescentou, "uma forte vontade coletiva para preservar esse patrimônio universal, absolutamente essencial para o bem-estar da população mundial".

O G7 prometeu hoje uma ajuda emergencial de 20 milhões de dólares para enviar aviões de combate a incêndios e uma ajuda de médio prazo para o reflorestamento.

Guterres informou que uma reunião será realizada sobre este tema durante a Assembleia Geral da ONU no final de setembro.

O chefe da ONU também pediu "um compromisso muito mais forte e ambicioso" dos países ricos para lutar contra "a crise climática", enquanto "os anos de 2015-19 provavelmente serão os mais quentes já registrados".

Meio Ambiente