PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Opas alerta que hospitais nas Américas estão 'perigosamente cheios'

Pacientes na sala de emergência lotada de hospital em Porto Alegre em meio à pandemia de covid-19 - Diego Vara/Reuters
Pacientes na sala de emergência lotada de hospital em Porto Alegre em meio à pandemia de covid-19 Imagem: Diego Vara/Reuters

05/05/2021 12h51Atualizada em 05/05/2021 13h11

A Opas, escritório da OMS (Organização Mundial da Saúde) para as Américas, alertou hoje que a região está passando por uma crise devido ao novo coronavírus, em que os hospitais estão "perigosamente lotados".

Carissa Etienne, diretora da Organização Pan-Americana da Saúde, indicou em uma entrevista coletiva virtual que na semana passada 40% das mortes por covid-19 no mundo ocorreram na região e que há mais países do que nunca relatando mais de 1 mil casos diários.

A diretora da Opas destacou que a região fez um trabalho notável para expandir a capacidade hospitalar no ano passado e que países como Colômbia, Panamá e República Dominicana dobraram a capacidade de leitos em unidades de terapia intensiva.

Outros países como Chile e Peru triplicaram esse tipo de leito e México e Honduras conseguiram quase quadruplicar essa capacidade.

Mas lamentou que, apesar do que foi aprendido com o vírus em 2020, "os esforços de controle não são tão rígidos e a prevenção não é tão eficiente".

Coronavírus