PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Embaixador dos EUA retorna à Rússia após cúpula entre Putin e Biden

Antes, no último domingo (20), embaixador russo nos EUA, Anatoli Antonov, já havia voltado para Washington - Kirill Kudryavtsev/AFP
Antes, no último domingo (20), embaixador russo nos EUA, Anatoli Antonov, já havia voltado para Washington Imagem: Kirill Kudryavtsev/AFP

Em Moscou (Rússia)

24/06/2021 14h15Atualizada em 24/06/2021 15h31

O embaixador dos Estados Unidos na Rússia, John Sullivan, retornou para Moscou hoje, um compromisso assumido durante a cúpula entre os presidentes Joe Biden e Vladimir Putin no dia 16 de junho, anunciou a representação diplomática.

"Voltei para Moscou hoje", disse Sullivan em uma mensagem que a embaixada americana postou no Twitter. Ele se disse "disposto" a trabalhar com os russos na busca de "relações estáveis e previsíveis".

Seu retorno, após uma ausência de dois meses, ocorre dias após o retorno a Washington do embaixador russo nos Estados Unidos, Anatoli Antonov, que voltou ao cargo no último domingo (20).

Putin anunciou em 16 de junho o retorno dos respectivos embaixadores, após encontro com Biden em Genebra, na Suíça.

As relações entre Moscou e Washington se deterioraram depois que Biden assumiu o poder em janeiro, acusando a Rússia de ataques cibernéticos e interferência eleitoral.

Em março, o governo russo decidiu convocar seu embaixador para consultas após declarações de Biden nas quais ele comparou Putin a um "assassino".

Internacional