PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
4 meses

EUA anunciam mais US$ 200 milhões em ajuda para Ucrânia

O presidente dos Estados Unidos Joe Biden anunciou ajuda à Ucrânia em meio a ameaça de invasão russa - Greg Nash/Pool via Reuters
O presidente dos Estados Unidos Joe Biden anunciou ajuda à Ucrânia em meio a ameaça de invasão russa Imagem: Greg Nash/Pool via Reuters

19/01/2022 06h33Atualizada em 19/01/2022 07h22

Kiev, 19 Jan 2022 (AFP) - Os Estados Unidos anunciaram, nesta quarta-feira (19), uma ajuda adicional de US$ 200 milhões para a Ucrânia, diante da alegada ameaça de uma invasão da Rússia.

O governo do presidente Joe Biden "aprovou no mês passado US$ 200 milhões suplementares para assistência em segurança e defesa dos nossos parceiros ucranianos", disse um funcionário americano, antes da chegada a Kiev do secretário de Estado, Antony Blinken.

"Estamos comprometidos com a soberania da Ucrânia e com sua integridade territorial e vamos continuar dando à Ucrânia o apoio de que ela precisa", acrescentou a mesma fonte, que pediu para não ser identificada.

Antes do movimento de tropas russas no final do ano passado, o governo Biden repassou US$ 450 milhões para a Ucrânia em assistência militar.

Biden aprovou mais fundos usando um dispositivo presidencial para ajudar países em perigo, de acordo com informes da imprensa americana que nunca foram confirmados oficialmente.

O funcionário não deu detalhes dos itens que compõem este pacote.

O governo Biden reiterou que está pronto para ajudar a Ucrânia militarmente, confirmando uma mudança ocorrida na última década na relação com a Rússia, até então marcada pela cautela para não incomodar Moscou.

Internacional