Conteúdo publicado há 4 meses

Atentado do Estado Islâmico contra ônibus deixa dois mortos no Afeganistão

Duas pessoas morreram e outras 14 ficaram feridas em uma explosão ocorrida em um ônibus em um bairro xiita de Cabul, onde a maioria da população é de origem sunita, informou a polícia.

Horas após a explosão, o grupo fundamentalista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do atentado.

O porta-voz da polícia de Cabul, Khalid Zadran, disse que a explosão ocorreu em um bairro de Dasht-e-Barchi, enclave da comunidade muçulmana xiita Hazara, historicamente oprimida.

"Infelizmente, de acordo com relatos iniciais, dois civis a bordo do ônibus morreram e outros 14 ficaram feridos e hospitalizados", disse Zadran em comunicado.

Sete pessoas já haviam morrido em novembro em outra explosão em um ônibus, em Dasht-e-Barchi, um ataque também reivindicado pelo EI, que considera os xiitas hereges.

Os ataques diminuíram significativamente no Afeganistão desde que os talibãs retornaram ao poder em Cabul, em agosto de 2021, e depuseram o governo anterior apoiado pelos EUA.

Apesar disso, alguns grupos armados, incluindo um braço regional do EI, continuam realizando ataques.

Deixe seu comentário

Só para assinantes