Conteúdo publicado há 1 mês

Marqueteiro Pablo Nobel deixa pré-campanha de Tabata Amaral em São Paulo

O argentino Pablo Nobel deixou a pré-campanha da deputada Tabata Amaral (PSB) à Prefeitura de São Paulo. A agência do qual ele é sócio havia assumido o comando do marketing em outubro do ano passado, mas atrasos no pagamento, a falta de dinheiro para implementar as ações planejadas e divergências na estratégia motivaram o rompimento, segundo fontes ouvidas pela reportagem.

"A PLTK foi contratada para a primeira fase da pré-campanha. Concluímos esta etapa, o prazo do contrato expirou e optamos, em comum acordo, por não renová-lo", informou a assessoria de imprensa da deputada, que nega ter havido atrasos nos pagamentos. Pablo Nobel também confirmou a saída ao Estadão.

Nobel e sua equipe entendiam que em uma eleição polarizada seria preciso criticar tanto o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que se aliou com o prefeito Ricardo Nunes (MDB), como Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que apoia Guilherme Boulos (PSOL), para atrair votos dos dois lados. Segundo relatos, Tabata resistia a fazer críticas a Lula.

A deputada apoiou a eleição do presidente e, assim como o PSB, é base de governo na Câmara dos Deputados. Além disso, os dois principais apoiadores da campanha dela no partido são o vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) e o ministro do Empreendedorismo, Márcio França (PSB).

A equipe de Nobel foi responsável, entre outras coisas, pelo vídeo do lançamento da pré-campanha, onde Tabata defende que é preciso superar o "abismo" existente entre os "bairros ajardinados do Centro" e as "periferias tão distantes e esquecidas".

Nobel e sua equipe foram responsáveis pela campanha vitoriosa do governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), em 2022, e também atuaram na eleição de Javier Milei para a presidência da Argentina. Antes de fechar com Tabata, o marqueteiro prestou serviços para Ricardo Salles (PL) no início do ano passado, mas o deputado teve a pré-candidatura barrada pelo PL.

Errata:

o conteúdo foi alterado

  • A matéria enviada anteriormente, na sexta-feira, 12, continha incorreção. A matéria informava inicialmente que a agência PLTK fez a campanha do governador Tarcísio de Freitas em 2022 e prestou serviço para Ricardo Salles no início de 2023. A informação estava incorreta, pois a agência foi fundada somente em setembro de 2023. Porém, Pablo Nobel atuou tanto na campanha de Tarcísio como com Salles.

Deixe seu comentário

Só para assinantes