Centenas de manifestantes invadem Congresso do Iraque

BEIRUTE, 30 ABR (ANSA) - Centenas de manifestantes simpáticos ao líder xiita iraquiano Moqtada al Sadr invadiram neste sábado (30) a chamada Zona Verde, área do centro de Bagdá onde ficam diversos edifícios públicos, e entraram no Parlamento do país gritando palavras de ordem contra a não aprovação de reformas apresentadas pelo primeiro-ministro Haider al Abadi.   

O ato havia sido convocado pelo próprio Sadr para cobrar do Congresso uma política mais firme de combate à corrupção. O grupo acusa o Parlamento de obstruir uma ampla troca de ministros por técnicos anunciada por Abadi, também ele xiita.   

"Todos os ministros devem ser mudados, espero que a nação comece uma revolução contra a corrupção", afirmou Sadr, que é uma das principais personalidades políticas do Iraque, embora não tenha cargos no governo.   

Por conta da invasão, foi declarado estado de emergência em Bagdá, que durante a manhã já havia sido palco de um atentado reivindicado pelo grupo jihadista sunita Estado Islâmico (EI). O ataque foi efetuado com um caminhão-bomba na zona sudeste da cidade e deixou pelo menos 21 mortos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos