De surpresa, Papa visita UTI neonatal e conforta pais de bebês internados na Itália

Cidade do Vaticano

  • L'Osservatore Romano/Pool Photo via AP

O papa Francisco visitou de surpresa dois hospitais italianos durante a "Sexta-feira da Misericórdia", criada por ele para marcar o Ano Santo Extraordinário.

O primeiro local visitado foi o hospital San Giovanni, que fica em Roma, e que atende crianças. O Pontífice visitou o pronto-socorro e o setor de neonatologia, que atende 12 bebês com vários tipos de doenças, sendo que cinco deles estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em condições críticas.

L'Osservatore Romano/Pool Photo via AP

Assim como qualquer pessoa que entra nesses setores, Jorge Mario Bergoglio usou roupas e máscara apropriada e higienizada. De acordo com a imprensa oficial do Vaticano, o sucessor de Bento 16 encontrou com o pais das crianças e prestou seu apoio e conforto.

"Nesta tarde, o papa Francisco realizou mais uma visita da tradicional 'Sexta-feira da Misericórdia. Há poucos dias da canonização de Madre Teresa, que desenvolveu um grande trabalho à favor da vida, o Papa está visitando duas estruturas fortemente significativas", divulgou em nota a Santa Sé.

L'Osservatore Romano/Pool Photo via AP

Após o San Giovanni, Bergoglio dirigiu-se ao hospital Villa Speranza, que atende pessoas com doenças terminais. No local, que pertence à Fundação Policlínica Universitária A. Gemelli, da Universidade Católica do Sagrado Coração, o líder católico encontrou-se com cerca de 30 pacientes atendidos pela entidade.

Visivelmente surpreendidos, os pacientes e seus parentes foram cumprimentados um a um pelo Santo Padre. Era possível perceber a forte emoção de todos aqueles que estavam na estrutura. (ANSA)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos